💬 Whatsapp 11-98833-9096
📞 11-2068-6869
🏡 Av Indianópolis, 1906 - Moema
2ª a 6ª: 9h às 18:30h
Sáb: 10h às 15:30h
19/04/19 - não atenderemos // 20/04/19 - atenderemos normalmente

iluminação

O que é mito e o que é verdade, quando falamos de gesso e iluminação?

Todos os dias quando conversamos com nossos clientes, recebemos o mais diversos tipos de questionamentos a respeito do nosso trabalho e dos materiais utilizados na execução dos projetos, e por conta disso, percebemos que existem alguns mitos que assombram o ramo de gesso e iluminação, vamos entender um pouco sobre isso?


“Me disseram que a lâmpada dicroica vai transformar minha casa em um forno.”

lampada-dicroica

Não é bem assim, a dicroica passou por uma evolução, e atualmente não é uma lâmpada que cause extremo calor, não podemos negar que emite sim ondas de calor, mas nada comparado a primeira geração dessas lâmpadas. Uma alternativa é o LED, mas não existe LED igual a dicroica (ainda).


“Ouvi dizer que LED é a melhor opção para iluminação da atualidade.”

Esse é um modelo de lâmpada de LED, do tipo COB, a que utilizamos atualmente!

Esse é um modelo de lâmpada de LED, do tipo COB, a que utilizamos atualmente!

Depende, existem diversos tipos de LED, mas por se tratar de uma novidade no mercado de iluminação residencial, o efeito que ela proporciona ainda deixa a desejar em alguns aspectos, mas projetando corretamente, com certeza teremos uma iluminação bonita e agradável. E para projetar e usar o LED com eficácia, já sabe onde ir né? Sim, pensou certo se disse todaCASA!


“Eu vi numa foto e gostei de uma sanca, mas disseram que não se usa mais. Por que?”

Acima, forro de gesso, com iluminação embutida. Abaixo, sanca aberta.

Acima, forro de gesso, com iluminação embutida. Abaixo, sanca aberta.

Vamos lá, a sanca foi sucesso há alguns anos atrás, mas os profissionais foram se aperfeiçoando e identificando algumas falhas e desvantagens que a sanca acarretava, um deles é evidenciar todos os possíveis defeitos da laje, defeitos esses que normalmente não são possíveis de corrigir, então uma sanca com iluminação certamente pode não trazer a beleza que se espera. Outro fator, é que normalmente buscamos soluções para criar sensação de amplitude, e a sanca faz justamente o contrário, então, melhor deixar a sanca na década passada não é?


“Achei muito legal essa iluminação na lateral, quero fazer em toda a volta, pode?”

Olha como a iluminação fica bonita na cortina!

Olha como a iluminação fica bonita na cortina!

Bom, a iluminação indireta é recomendada para determinados pontos, na cortina é uma ótima utilização, pois o tecido absorve e irradia a luminosidade, e nas paredes o efeito acaba não sendo o melhor, pois empobrece o destaque que os spots proporcionam.


“Quero fazer meu forro em drywall pois me falaram que é muito melhor.”

5.jpg

Drywall é um produto excelente, assim como a placa, os dois atendem muito bem o que é proposto, o que os diferencia é o momento em que vai ser feito, ou algumas limitações que forem identificadas. Quanto a acabamento, o pintor certamente terá um pouco mais de trabalho no momento de tratar o drywall, mas no quesito durabilidade os dois materiais são iguais!


“Eu quero regular a intensidade da iluminação usando aquele dimmer, é possível?”

dimmer

Sim! É possível, pois é um recurso muito simples, que é somente um sistema acoplado ao interruptor, mas vale repensar a utilização de dimmer, pois uma vez com a iluminação projetada, nós temos todo o cuidado de separar, para que você consiga criar diversos cenários. Outro fator que está fazendo o dimmer cair em desuso, é o fato de que a tecnologia LED não funciona bem com esse recurso.

Existem muitos outros mitos e verdades a respeito de gesso e iluminação, e muitas novidades surgem todos os dias, principalmente na iluminação, e nós da todaCASA, estamos sempre de olho em tudo que o mercado apresenta, pra trazer sempre o que há de melhor para sua casa!

Tem alguma dúvida? Vem conversar com a gente! Será um prazer atende-lo!!

 

Vai ser mamãe?

Vai ser mamãe? A chegada de um baby é um momento único na vida de uma família, quando é o primeiro então, nem se fala, só que são tantos detalhes, tantas providências a se tomar, e tantos gastos para garantir o máximo de bem estar e tranquilidade para a mamãe e para o bebê, e dento dessa lista de necessidades, o quartinho do bebê acaba ficando fora da lista de prioridades vitais. Mas não é por isso que vamos deixar de ter um lindo quartinho para o seu neném, certo? Seguindo a linha DIY (do it yourself – faça você mesmo), que além de trazer opções bem econômicas e sustentáveis, afinal, essa será a geração da sustentabilidade. Um artifício muito utilizado na decoração de quartos de bebês são os papéis de parede, mas os preços dessas belezuras costumam ser bem salgados, então vamos ver o que podemos fazer pra mexer nas paredes sem enfartar! Papel Contact
Imagine uma parede lindinha de poá, feita com papel contact !! Não gosta de bolinhas? Deixe sua criatividade fluir e faça estrelinhas, borboletas e o que mais achar que combina com seu bebê!

1.jpg

E essa árvore gente? É muito amor, né? Toda de contact e de fotos do bebê! -

2.jpg

Não sei o porquê, mas eles se hipnotizam com os móbiles em cima do berço! Então que tal fazer um com o estilo que mais combina com o quartinho? E olha, móbile é super fácil de fazer!
Estou encantada por esse, o que acham?

3.jpg

E esse outro? Coisa mais geek, impossível!!!

Gostaram das dicas? Quanto à iluminação do quartinho, tem que pensar no seguinte: esse pimpolho vai crescer, e eu sei que nossa vontade é deixar cheio de elementos infantis e detalhes únicos, mas a iluminação não é o melhor recurso pra isso, pois a cada fase eles vão gostar de uma coisa diferente, então é interessante trabalhar com uma proposta neutra e apostar em elementos móveis para que o quarto cresça junto com seu filhote! Evitando dessa forma, reformas desnecessárias, que não precisarão acompanhar o crescimento dele(a)!

5.jpg

Olha que exemplo interessante! Valorizando os pontos de destaque do quarto, mas de uma forma harmoniosa e básica! Mas não se ocupe com esse detalhe, da iluminação nós cuidamos pra vocês!:-)

Lustres e pendentes, onde e como usar

Os lustres e pendentes voltaram para a decoração com tudo, e é sem dúvida um recurso sofisticado para dar o toque final na sua mesa de jantar, na sua cabeceira da cama e também naquele cantinho de leitura, que está com uma carinha sem graça, e até na cozinha, seguindo essa onda de espaços gourmet.

imagens-dos-pendentes-e-lustres-todacasa.jpg

Existem inúmeros modelos e estilos, e a escolha pode ser difícil, mas tenha sempre em mente o que você que predomine na decoração do ambiente. Vale a pena olhar com calma os materiais escolhidos, os mais usados atualmente são os de aço e os de cristal (ou mesmo misturando os dois materiais, fica muito legal!), mas encontramos muitos de tecido, esses, porém carregam uma desvantagem, ficam encardidos com muita facilidade, então pense bem na escolha do material do seu lustre.

lustre-de-cristal.jpg

Quando pensar em qual colocar na mesa de jantar, se atente ao formato da mesa, evitando assim um aspecto desarmônico. Calma! Vou te ajudar! A mesa mais democrática, digamos assim, é a mesa quadrada, que aceita formatos diferenciados de lustres, sem parecer que ficou bagunçado, pois a mesa quadrada aceita lustres redondos, quadrados e até aqueles conceituais, que não possuem um formato geométrico evidente.

As mesas retangulares até aceitam lustres em formatos diferenciados, mas um lustre que siga a mesma linha, sem dúvidas deixa uma cara mais sofisticada e clean. Nesses casos tente usar texturas e materiais que se destaquem, já que a cara de um lustre retangular é mais séria! :-)

Agora a mesa redonda, que desperta aquela atmosfera de comercial de margarina, do centro que gira descoberto no BBB, que é linda, mas ocupa um espaço danado, que deixa todo mundo juntinho... ok, parei de falar o quanto eu acho legal a mesa redonda, vamos falar dos lustres para ela! Mesa redonda pede um lustre redondo, e foram raras às vezes em que vi combinações de formas diferentes darem certo, mas quando dá, fica sensacional! Mas pense pelo lado positivo, a variedade de lustres redondos é enorme e tem para todos os gostos!