💬 Whatsapp 11-98833-9096
📞 11-2068-6869
🏡 Av Indianópolis, 1906 - Moema
2ª a 6ª: 9h às 18:30h
Sáb: 10h às 15:30h

Qual a altura mínima para meu apartamento receber forro de gesso/rebaixo/sanca?

2,45m, se o apartamento for receber um piso com baixa espessura (laminado, vinílico, porcelanato). Dessa forma, podemos montar o forro/sanca/o que for em torno de 12 a 15 cm, e o piso tomaria apenas mais 2 a 3 cm. Ficamos com um pé direito acabado de cerca de 2,30m.

3 segredos que ninguém te conta sobre obras

Existem alguns segredos de profissões muito bem guardados. E a maioria dos profissionais, cada um em sua área, não sai espalhando por aí esses segredinhos. Mas você vai descobrir quais os 3 segredos mais importantes para executar sua obra sem dor de cabeça:

dordecabeca

1. Papel e execução nem sempre andam juntos

Isso é normal: a pessoa contrata um profissional, seja arquiteto(a) ou decorador(a), e fica super feliz com aquele projeto. Mas na hora da execução... Nunca sai exatamente como planejado.

14369078-Modern-design-project-of-new-building-Stock-Photo-plan-architecture-architect(1).jpg

E isso é perfeitamente normal! Ainda sim, é MUITO melhor do que ter uma obra sem projeto. Imprevistos sempre acontecem, e é parte da obra transpô-los.

2. Seu prazo costuma não ser o prazo de obra

prazo

Esse é um clássico: você já vendeu o apartamento antigo, está para receber o apartamento da construtora, aquele prazo programadinho. Tudo certo, exceto, claro, que o pedreiro acaba pegando uma obra antes da sua, que o armário pode acabar atrasando, ou alguma tubulação que pode ter sido danificada. Quer evitar esse tipo de stress? Adicione 20% de tempo a mais de prazo naquele seu cronograma. Você não vai passar nervoso, as pessoas poderão trabalhar no seu imóvel de forma mais tranquila, e mesmo que te custe um pouco mais, como precisar ir para um apartamento alugado por um mês, tenha certeza que você estará evitando uma dor de cabeça futura, como um reparo provisório que vai estourar justamente quando você estiver morando.

3. Propostas variam. E muito!

proposta

Fez um orçamento de um determinado serviço com duas ou três empresas. Uma mais cara, outra no meio, e outra, muito mais barata. A não ser que a empresa mais barata tenha uma logística invejável e uma distribuição fora do comum, é bem provável, que você esteja abrindo mão de algo. Mas como saber, se as propostas variam? Um segredo: não presuma. Não é porque fornecedor X falou que pode ser feito dessa forma, que o fornecedor Y vai fazer dessa mesma maneira. E vale sempre comentar: quem define padrão é ABNT e Inmetro. O resto, é apócrifo.

A iluminação dos telhados transparentes

Atualmente, cada vez mais, nas construções se valorizam a iluminação natural dos ambientes. Por isso os profissionais da área estão sempre buscando inovações para potenciar de diferentes maneiras a entrada de luz solar no interior das casas. Hoje falaremos sobre as duas principais maneiras e algumas dicas para aplicar esse tipo de teto em seu imóvel.

Estruturas de coberturas transparentes

Elas servem como uma alternativa para promover a entrada natural da luz ao mesmo tempo que isola ou protege o ambiente. Não tem muito complexidade, são construídas basicamente em uma estrutura de ferro, aço ou madeira e cobertas por placas de acrílico, vidro policarbonato ou também as telhas convencionais fabricadas com esses mesmos materiais. São mais comuns nas áreas abertas e são perfeitos para quem busca um ambiente protegido e com muita luz.

  Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Ambientes iluminados e protegidos

Essa estrutura conta com estruturas de aço revestidas com vidro que promove uma iluminação perfeita na lateral da casa permitindo, inclusive, o cultivo de um jardim pela passagem da luz solar. Esse tipo de revestimento é ideal também para quintais.

  Fonte: archilovers

Fonte: archilovers

Claraboias em lugares estratégicos

Claraboias são aberturas no alto das construções feitas para permitir a entrada de luz. Uma boa ideia para áreas que não comportam janelas como escadas ou corredor, a claraboia pode ser uma boa saída para encontrar uma iluminação com luz solar. Nesse projeto abaixo é possível notar a boa solução encontrada para iluminar a escada além de se ver que a luz ilumina toda a planta superior.

  Fonte: casa.abril

Fonte: casa.abril

Garagens com coberturas transparentes

Outro bom lugar para os telhados transparentes são nas garagens, já que suas coberturas por muitas vezes diminuem a entrada de luz natural nas casas. Ou seja, são uma boa alternativa para quem quer proteger seus automóveis sem deixar que a fachada da casa interfira na quantidade de luz natural que entra nela. Veja um exemplo na foto abaixo:

  Fonte: casa.abril

Fonte: casa.abril

Iluminação zenital

O conceito de iluminação zenital se define por toda luz natural que vem de cima para o interior da casa. Aplicado em ambientes com pouca iluminação natural onde se quer promover uma maior entrada de luz.

  Fonte: homebest

Fonte: homebest

Tipos e formas de fechamentos zenital

São muitas as formas de aplicar esse tipo de iluminação através de cúpulas, lanternins, sheds, claraboias e átrio. Todos eles variam entre o tipo de iluminação que vai promover e a estrutura. As mais utilizadas são as claraboias por serem aplicadas de forma paralela e plana a construção.

  Fonte: tkdesigner

Fonte: tkdesigner

Entre os materiais para esse tipo de instalação podemos dizer que o policarbonato costuma ser até 30% mais barato que o vidro. Por ser um material leve lhe permite trabalhar com o alumínio, o que pode deixar o projeto ainda mais barato.

Texto feito em parceria com o site habitissimo.